Pokémon Go: A intersecção entre o real e virtual

Poderia ser apenas um dia normal, como outro qualquer, mas o dia 3 de Agosto de 2016 ficará marcado na cabeça de muitos como “O dia em que Pokémon Go finalmente chegou ao Brasil”.

Desenho Japonês criado nos anos 90 e que foi febre entre toda uma geração, o desenho Pokémon, que passou por diversas aventuras na pele de seus personagens principais o menino Ash e seu fiel Pokémon Pikachu, levou a interação em dispositivos móveis em celulares a um novo patamar.

O jogo Pokémon Go, um sucesso já lançado há algum tempo em outros países, chegou hoje ao Brasil depois de uma grande manifestação de pessoas na internet pedindo que o jogo fosse lançado o quanto antes no país.

Misturando dois mundos, o real e o virtual, Pokémon Go faz com que seus jogadores deixem de ser agentes passivos em um mundo virtual e os leva a interagir diretamente com as criaturas do mundo Pokémon.

Com uma junção de realidade aumentada, geolocalização, gameficação e um forte storytelling, o jogo cria uma imersão para seus jogadores que precisam sair as ruas para capturarem novas criaturas, conquistarem ginásios de batalha de outros jogadores e até mesmo para comprarem novos itens em locais específicos que estão situados em pontos estratégicos por todo o mundo.

Sucesso de lançamento a parte, o jogo já foi protagonista de diversas polêmicas, uma delas envolvendo uma delegacia na Austrália em que um “Pokéstop” caiu exatamente em sua localização, fazendo com que diversos jogadores fossem até a delegacia e entrassem nela para reabastecer seus itens para continuar sua jornada Pokémon.

Outra delas foi uma grande repercussão sobre o uso dos dados capturados dos jogadores que, previamente autorizado pelos mesmos, no momento de sua instalação, concede o direito da empresa criadora do jogo a fornecer os dados do jogo a qualquer agência do governo ou companhias privadas, como forma de cooperar com investigações criminais, o que aumenta ainda mais a discussão sobre privacidade de dados em aparelhos móveis.

Entre polêmicas e sucessos de lançamento, o jogo mostrou na prática como a computação pode atuar de forma pervasiva em nossas vidas de forma inovadora com a combinação de diversas tecnologias e trazendo novas discussões sobre o uso da tecnologia em nosso dia a dia.

Share This:

Pokémon Go: A intersecção entre o real e virtual

Deixe uma resposta